FECHAR
PT / EN
LANCES FINAIS
Raphael Escobar
Lote 127
Império
Raphael Escobar
Lote 127
Dê seu lance CADASTRE-SE
Lances iniciais em 18/11
Império, 2022

Tinta acrilica sobre tecido Oxford

182 x 134,5 cm
R$ 8400,00
lance inicial
Confira os lances

Raphael Escobar (São Paulo, 1987) é formado em Artes Visuais pelo Centro Universitário Belas Artes de São Paulo e pós-graduando em Estudos Brasileiros: Sociedade, Educação e Cultura pela Fundação Escola de Sociologia e Política.
Desde 2008 atua com educação não formal em contextos de vulnerabilidade social ou de disputas políticas, em instituições como a Fundação CASA ou territórios como a Cracolândia e Albergues públicos. Como ativista, ajudou a fundar diversos coletivos e movimentos sociais na região da Cracolândia em São Paulo. A atuação nesses contextos se dá tanto como pesquisa, quanto como ativação dos trabalhos que desenvolve.
Sua pesquisa é pautada pelas relações de classe, e tem como objetivo dissolver a lógica moral com a qual a sociedade se relaciona com pessoas em situação de rua, usuários de droga e outros grupos periféricos. Assim, Escobar se vale das instituições e de seu próprio trabalho como ferramentas de fomento e educação, mediando os espaços de dentro e fora do circuito. Como ativador dessa mediação, estão as estratégias de comunicação, de economia solidária, das substâncias psicoativas e das ações de um cotidiano cultural invisibilizado e/ou marginalizado.
Participou das seguintes exposições: 13ª Bienal do Mercosul (2022) 36º Panorama da Arte Brasileira, Museu de Arte Moderna de São Paulo (2019), Quem não Luta tá Morto, Museu de Arte do Rio (2018), São Paulo não é uma cidade: invenções do centro, SESC 24 de Maio (2017), Metrópole: Experiência Paulistana, Pinacoteca do Estado de São Paulo (2017) e X Bienal de Arquitetura de São Paulo, Centro Cultural São Paulo (2013).
Império é a primeira bandeira do Brasil independente na qual é tirada o brasão. Conserva-se apenas os ramos de café e tabaco, drogas que alguns países haviam proibido na época da existência dessa bandeira, trazendo uma discussão sobre o que é considerado droga e de que maneira elas são proibidas ou legalizadas.