FECHAR
PT / EN
LANCES FINAIS
Julieta Tarraubella
Lote 123
Bunker #15
Julieta Tarraubella
Lote 123
Dê seu lance CADASTRE-SE
Lances iniciais em 27/11
Bunker #15, 2021

Impressão inkjet sobre papel fotográfico – Edição 1/2 + 2 P.A. – Assinada – Com moldura

100 x 70 cm
R$ 2800,00
lance inicial
Confira os lances

Julieta Tarraubella (Buenos Aires, 1991) vive e trabalha em Buenos Aires. Artista Plástica e Designer de Imagem e Som, graduada pela Universidade de Buenos Aires. Em 2014 ganhou a bolsa Escala AUGM para estudar Artes Visuais e Medialogia na UNICAMP, Brasil. Em 2015, foi selecionada para o programa de estágio na Peggy Guggenheim Collection, Veneza, Itália. Durante 2017, participou do Programa de Cinema na Universidade Torcuato Di Tella. Ao mesmo tempo, estudou e fez clínica/análise com Gabriel Valansi, Nicola Costantino, Gabriel Rud, Andrés Di Tella, Raúl Flores, Carla Barbero, Javier Villa, Carlos Herrera. Em 2019, ganhou o prêmio na Bienal de Arte Jovem de Buenos Aires (Categoria Artes Visuais – Beca Residência Pivô, Brasil). Em 2020, ganhou uma menção no Concurso de Fotografia e Vídeo da Fundação Bunge & Born (Categoria de Fotografia) e foi selecionada para expor no Byte Footage Festival. Desde 2020, é artista convidada e residente nas oficinas da MUNAR (Boca de Fuego). Seu trabalho tem sido exposto em várias instituições como o Centro Cultural San Martín, UV Estudios, cheLA, UTDT, Espacio Fundación Telefónica, CCM Haroldo Conti, MUNAR, entre outras. Entre 2011 e 2018 trabalhou como produtora e assistente de vários artistas visuais e instituições. Foi diretora artística da galeria Rolf Art entre 2018 e 2020, onde desenvolveu com destaque o projeto de exposição “Pensar todo de nuevo”, com curadoria de Andrea Giunta. Durante 2021, foi curadora das exposições “Eterno Resplandor” em MUNAR, e “YUNGAS / LA PRENSA” na Casa de la Cultura, em Buenos Aires.

Bunker #15 é um registro da performance homônima, impresso em papel fotográfico. Bunker (2018 – 2021) é uma performance, um exercício que bloqueia a visão e exibe diferentes fatos e representações sobre o tempo. A ação consiste em um grupo de jovens que portam óculos de led. O gadget reproduz de modo contínuo manchetes de notícias da internet. O conteúdo pertence a diferentes plataformas midiáticas, consumido por um público amplo e diverso.