FECHAR
PT / EN
LANCES FINAIS
Luana Vitra
Lote 078
SUMIÇO NO SOPRO OU NO SULCO DO CHÃO
Luana Vitra
Lote 078
Dê seu lance CADASTRE-SE
Lances iniciais em 27/11
SUMIÇO NO SOPRO OU NO SULCO DO CHÃO, 2020

Desenho sobre papel – Edição única – Assinada – Com moldura

49 x 49 cm
R$ 3500,00
lance inicial
Confira os lances

Luana Vitra (Contagem, 1995) vive e trabalha em Belo Horizonte. Artista plástica, dançarina e performer. Cresceu em Contagem, cidade industrial que fez seu corpo experimentar o ferro e a fuligem. Gestada entre a marcenaria (pai) e a palavra (mãe), se movimenta como reza em busca da sobrevivência e da cura das paisagens que habita. Entende o próprio corpo como armadilha, e sua ação como micropolítica na lida com a espacialidade que seu trabalho evoca, confronta e confunde. Artista residente do Pivô Pesquisa 2021.

A série Sumiço no sopro ou no sulco do chão é composta por desenhos nos quais a artista investiga o desaparecimento natural e artificial da paisagem. “Por vias naturais, a paisagem desaparece no horizonte pela limitação dos nossos olhos que só conseguem captar o visível até certa quantidade de km”, conta a artista.”Assim a paisagem se desfaz num degradê de azuis que vai clareando até chegar ao branco, que é seu sumidouro. Por vias artificiais a paisagem pode desaparecer no horizonte quando um relevo com altas cargas de minério é desfeito, cria-se um sulco, um buraco por onde a paisagem cai no seu desaparecimento, que é também número, lucro, morte. Quando um relevo desaparece antes de entrar em sua cadência pelo azul, o equilíbrio do peso do mundo está em risco.”