FECHAR
PT / EN
LANCES FINAIS
Alexandre da Cunha
Lote 058
Morning XX
Alexandre da Cunha
Lote 058
Dê seu lance CADASTRE-SE
Lances iniciais em 27/11
Morning XX, 2017

Linho, colher, acrílica, chassis – Edição única

50 x 50 x 8 cm
R$ 56000,00
lance inicial
Confira os lances

Alexandre da Cunha (Rio de Janeiro, 1969) vive e trabalha em Londres e São Paulo.Contrapondo e mesclando materiais, e os diálogos entre eles, Cunha apresenta repertórios e objetos de diferentes origens, destinados a diferentes usos. O artista opera de forma crítica dentro de uma escala de valores que une cultura brasileira pop e modernista, artes decorativas e cultura pop britânica. Exposições individuais recentes incluem: Duplex, Brighton CCA (Brighton, 2021); Alexandre da Cunha: Figurehead II, The Box (Plymouth; 2021); Portal, Galeria Luisa Strina (São Paulo, 2020); The Royal Society of Sculptors (Londres, 2018); Boom, Pivô (São Paulo, 2017); Free Fall, Thomas Dane Gallery (Londres, 2016); Amazons, CRG Gallery (Nova York, 2015); Real, Galeria Luisa Strina (São Paulo, 2015). Exposições coletivas recentes incluem: Contemporary Sculpture Fulmer (Fulmer, 2019); Abstracción Textil, Galería Casas Riegner (Bogotá, 2018); Everyday Poetics, Seattle Art Museum, (Seattle, 2017); Histórias da Sexualidade, MASP (São Paulo, 2017); Soft Power, The Institute of Contemporary Art, (Boston, 2016). Possui trabalhos nas coleções Tate Modern, Londres, Inglaterra; Museu de Arte da Pampulha, Belo Horizonte, Brasil; Instituto Inhotim, Brumadinho, Brasil; CIFO Coleção Cisneros, Miami, Estados Unidos; Coleção Zabludowicz, Inglaterra; Pinacoteca do Estado de São Paulo, São Paulo, Brasil.

Do título Morning XX (2017) ao uso de materiais, a obra de Cunha carrega um forte teor sexual. Para o artista, Morning é uma expressão que remete à “sensualidade do acordar para um ciclo”. Cunha utiliza uma camiseta como fundo do quadro, em vez da tela habitual, e acredita que a peça tem ares eróticos devido ao “comum uso sobre a pele e o corpo humano”. Os relevos fazem alusão “até mesmo à genitália”, explica.