FECHAR
PT / EN
LANCES FINAIS
Laura Lima
Lote 010
Croquis e figurinos para balé e carnaval #14, da série Croquis e figurinos para balé e carnaval
VENDIDO!
Laura Lima
Lote 010
Dê seu lance CADASTRE-SE
Lances iniciais em 18/11
Croquis e figurinos para balé e carnaval #14, da série Croquis e figurinos para balé e carnaval, 2022

Papel, dobras, recortes, lápis, objeto de metal – Edição de 14 – Assinada – Com moldura

30 x 21 x 1 cm
R$ 26880,00
lance inicial
Confira os lances

Laura Lima (Governador Valadares, 1971) é artista visual, nascida em Minas Gerais e radicada no Rio de Janeiro. Desde os anos 1990, Laura Lima apresenta sua obra utilizando seres vivos (humanos, animais ou plantas) como matéria, construindo relações inesperadas com o espaço e a arquitetura. Seu intuito é desafiar conceitos convenientes dentro do vocabulário da arte como a performance ou instalação, por exemplo. A maneira como as formas de comportamento humano reagem à complexidade das relações sociais também é objeto de fascinação da artista, provocando um contínuo exercício em construir um glossário próprio dentro da obra. Exposições individuais recentes: 2019 – qual, Galeria Luisa Strina, São Paulo; Balé Literal, Galeria A Gentil Carioca, Rio de Janeiro; I hope this finds you well, Tanya Bonakdar Gallery, Nova York. 2018 – Alfaiataria, Pinacoteca do Estado, São Paulo; Cavalo come Rei, Fundação Prada, Milão. 2017 – A room and a half, CCA Center for Contemporary Art Ujazdowski Castle, Varsóvia. Exposições coletivas recentes: 2019 – Act 3: Dystopia, Kunstmuseen Krefeld, Krefeld; Mask, Aargauer Kunsthaus, Aarau; Contemporary Arts Center, Cincinnati; 14ª Bienal de Sharjah; Passado/ futuro/ presente: arte contemporânea brasileira no acervo do MAM, Museu de Arte Moderna, São Paulo; O tempo e a gravura no espaço, Fábrica de Arte Marcos Amaro, Itu. 2018 – Bienal de Busan / Divided We Stand, Busan; Lugares do Delírio, Sesc Pompéia, São Paulo; Forecast / Living Matter, Haus der Kulturen der Welt, Berlim; imannam, Pivô, São Paulo; O lugar do centro, Central Galeria, São Paulo; Jardim das delícia com juízo final, Galeria Cavalo, Rio de Janeiro.

Os Croquis de figurinos para balé e carnaval foram iniciados durante o confinamento provocado pela pandemia de Covid. São desenhos, recortes e dobraduras em papéis, madeira, tecido, biscuit. Por vezes, as imagens podem ter articulações, a serem acionadas pelo público, dando movimento ao desenho. Os Croquis dialogam com a longa pesquisa da artista sobre a filosofia do ornamento, iniciada nos anos 2000.