FECHAR
PT / EN
LANCES FINAIS
Yan Copelli
Yan Copelli
Dê seu lance CADASTRE-SE
Lances iniciais em 18/11
,

Yan Copelli (Rio de Janeiro, 1986) vive e trabalha em São Paulo. Suas investigações se desenrolam de modo interdisciplinar. Sejam mídias tradicionais ou digitais, suas obras abrem um campo de especulações sobre a ontologia dos objetos, trocando entre si os formatos, usos e significados comuns que artefatos decorativos e utilitários possuem na interação com os corpos a que enfeitam. De maneira geral, hibridismos, torções e a recorrência de determinadas cores e temas nos trabalhos são aspectos que aproximam reflexões sobre construções identitárias, além de marcadores de gosto. Seus trabalhos, inclusive as pinturas, chamam para si uma condição de corpo. Exposições coletivas recentes: Ao ar, livre (Online, 2020); Nine out of ten, Projeto Vênus, (Online, 2020); Fog Machine (online exhibition), parte do programa de pesquisa da University of the Underground; Ressetar (curated by Duilio Ferronato), Diversity Museum, São Paulo; Abre Alas, A Gentil carioca (Rio de Janeiro, 2019).

Yan Copelli investiga a linguagem artística de maneira interdisciplinar. Em mídias analógicas ou digitais, suas obras abrem um campo de especulações sobre uma certa “ontologia dos objetos”, deslocando os formatos, os usos e os significados comuns que artefatos decorativos e utilitários possuem, na interação com os corpos os que enfeitam. Hibridismos, torções e a recorrência de determinadas cores e temas nos trabalhos sugerem reflexões sobre construções identitárias, além de marcadores de gosto. Pode-se associar sua poética às metonímias que atribuem membros do corpo às partes dos objetos, como pés, mãos, cabeça e pescoço. A partir desse tipo de deslocamento semântico, o artista anima e dá vida aos seus trabalhos.
“If we took a holiday (oh yeah, oh yeah)
Took some time to celebrate (come on, let’s celebrate)
Just one day out of life (holiday) It would be, it would be so nice”

R$ ,00
lance inicial
Confira os lances