FECHAR
PT / EN
LANCES FINAIS
Paula Siebra
Paula Siebra
Dê seu lance CADASTRE-SE
Lances iniciais em 12/11
,

aula Siebra (Fortaleza, CE, 1998) é pintora e tem como enfoque imagens relacionadas ao dia-a-dia e à intimidade. Seu trabalho costura referências vindas da história da pintura erudita e da arte popular, desde as áreas de cor do pós-impressionismo à forma sintética dos objetos de barro. Nesta reunião de lugarejos, objetos domésticos e rostos de pessoas anônimas, o trabalho de Siebra apresenta-se, em especial, como uma laboração de um mundo visto pela primeira vez.
Siebra começa a expor em coletivas no Museu Nacional de Belas-Artes (2017), Centro Cultural da Light (2018) e Centro Cultural dos Correios (2019). Realizou sua primeira individual, “Ternura”, em 2019, na Fábrica Bhering, e estreia na galeria Mendes Wood DM com “Arrebalde”, em São Paulo (2020), seguida de “Arrebol”, em Nova Iorque (2021). De sua primeira residência artística, surge “O Soar das Horas”, em Bruges, Bélgica (2021). Em “Lembrança de Algum Lugar”, (2022), Paula apresenta a pesquisa ao redor da silicogravura cearense no Sobrado Doutor José Lourenço, em Fortaleza – pesquisa desdobrada em “Noites de Cetim”, na galeria Mendes Wood DM, São Paulo, no mesmo ano. Em 2023, apresenta um corpo de trabalho que reúne três anos de pesquisa na individual “Cristalino Segredo”, na Mendes Wood DM, em Bruxelas. A artista vive e trabalha em Fortaleza.
Cacau faz parte de uma série de pinturas investigando as naturezas-mortas do ambiente doméstico brasileiro, especialmente os arranjos de frutas falsas que repousam nos centros das mesas de centro e de jantar das casas das mães, avós e tias. Feitos em materiais como barro, madeira, cera, vidro e plástico, Paula explora na pintura a óleo composições e texturas a partir destes arranjos cujo jogo de mimetismo remonta memórias de infância.

R$ ,00
lance inicial
Confira os lances